Sociais




FESTA DE DEBUTANTES MARCA FINAL DE SEMANA EM SANTANA

Muita emoção e glamur na grande festa de debutantes em que foram apresentadas à sociedade Santanense quinze princesas. Cercadas por amigos, parentes e namorados elas desfilaram pelo salão da Sociedade Operária de Santana causando suspiros e muita emoção aos orgulhosos pais e aos príncipes encantados.
São elas: Dominnyke Slater Santos Neves, filha de Juarez Neves da Silva e de Vânia Mudesto dos Santos; Maria Beatriz Souza Oliveira, filha de Everaldo Rodrigues de Oliveira e de Ezeranda Barreto de Souza; Jaqueline Afonso Oliveira de Queiroz, filha de Antônio Afonso de Queiroz e de Maria Helena de Lima Oliveira de Queiroz; Caroline Santos, filha de Domício Pereira dos Santos e de Carmelita Nascimento Santos; Ana Clara Duarte Cardoso Queiroz, filha de Djalma Cardoso Queiroz e de Maria Melânia Duarte Queiroz; Bárbara Magalhães Souza Gomes, filha de Jonas Filho Ferreira Gomes (In Memorian) e de Telma de Magalhães Souza; Paloma Fagundes Brandão, filha de Agnaldo Brandão e de Andréia Fagundes dos Santos Brandão; Maria Luisa dos Santos Xavier Castro, filha de Avelaude Xavier de Castro e de Maria José dos Santos Castro; Thayane Thayna Pessoa Silva, filha de José Carlos de Oliveira Silva e de Claudia Regina Queiroz Pessoa Silva; Victória Cruz Vasconcelos, filha de Adenilson  Vasconcelos da Silva e de Débora dos Santos Cruz; Nathália Lopes de Araújo, filha de Cleuveirton Rosa de Araújo e de Maria do Socorro da Silva Lopes Araújo; Geisane Bárbara Batista Silva Martins de Souza, filha de  Geraldo Martins de Souza e de Maria Batista Silva de Souza; Eloísa Neves Almeida, filha de Jurandi Jorge de Almeida e de Elane dos Santos Neves Almeida; Amanda dos Santos Cavalcante, filha de Antônio Carlos Domingues Cavalcante e de Vanusa Mudesto dos Santos Cavalcante e Amanda Vitória Nery Bueno Gomes, filha de Luis Carlos de Araújo Gomes e de Leci Nery Bueno Gomes.
A festa animada pelo Dj Papi foi até o final da madrugada, com muita animação. Parabéns do Jornal Opinião às jovens debutantes, desejamos que sejam muito felizes em suas vidas.



UMA JUSTA HOMENAGEM

Por ocasião do Primeiro Festival denominado “Show Caça Talentos” realizado no dia 29 de janeiro na Praça Leo Braga os organizadores do evento prestaram uma homenagem simples, mas que encheu de emoção aos que presenciaram aquele evento. Queremos, com esta publicação, também deixar registrado o nosso respeito e consideração a esses abnegados trabalhadores da música e da cultura santanense, transcrevendo o que foi dito pelo locutor e mestre cerimônia Elvis Brandão.
Em Santana, quando se fala em musicalidade, conjuntos musicais e similares lembramos alguns nomes que nas últimas gerações vivenciaram essa cultura, colocando seus talentos, a mercê do nosso entretenimento, animando festas, bailes, e outros eventos semelhantes. Queremos falar de:
Laurindo José Neto - Conhecido como “Zé Tanaro”
Renato Carlos Flores - “Renatinho” e
José Alves Rocha - “Zé de Pìmba”.
ZÉ TANARO - nasceu na Cidade de Correntina, criado em Canápolis e na adolescência adotou Santana para morar juntamente com sua família. Sua avó materna D. Naninha Cavalcante de Oliveira, dedilhava o violão com muita intimidade, seus tios, todos violonistas, entre eles o mestre Adolfo, que foi apelidado de “Góes Monteiro” em homenagem ao melhor violonista do Brasil naquela época. Os primos Manoel, Zequinha, Agenor e João Surubague, Edílson sete, Zé Taboquinha, os sobrinhos Beto, e Irlas. Ainda criança, nos seus oito anos de idade, Zé Tanaro manifestou sua tendência musical. Seu pai Militão comprou um acordeom de 120 baixos, que ele pouco se familiarizou, exigindo um violão que era seu instrumento favorito. Isso foi a gota d’água para Zé Tanaro mergulhar no íntimo das cordas do seu violão. Sua família que morava em Canápolis, mudou-se para Santana. Chegando aqui ainda adolescente, procurou dar asas à sua vocação, tocando inicialmente nas missas do domingo, em companhia de Renatinho, Bigode e Bidu. Procurando sempre ambientes musicais e com a dissolução da banda “Urso Negro” foi convidado por Antonio Queiroz (Toe de Esmera) a compor uma nova banda que passou a se chamar “urso negro e seus panteras cor de rosa”, com apenas uma semana de ensaio, a banda estreou no Elite Clube, ambiente sociável de Santana, em alto estilo, aplaudido veementemente pelos presentes. Continuando sua carreira musical associou-se a Renatinho, Bigode e Bidu e adquiriram toda aparelhagem (a melhor da época) fundando assim a banda que recebeu o nome de “Grupo Terra”, sucesso em todas as suas apresentações.
Na sequência foi convidado para tocar na banda Edil-som-sete de Bom Jesus da Lapa, onde permaneceu por mais de dois anos, fazendo dueto com o famoso Paulo Gabiru, conhecido em toda região. Retornando a Santana, a Banda Oliveira, da Cidade de Castro Alves na Bahia conheceu sua habilidade e convidou-o para integrar aquela equipe musical, onde permaneceu por quase três anos, tocando inclusive com profissionais do carnaval baiano como a cantora Silvinha e outros. Em Santana alegrou e animou o carnaval de rua no trio elétrico da SOS, executando marchinhas e outros ritmos, em seu cavaquinho. Zé Tanaro era tão intransigente que, após suas apresentações, chegava em casa nas madrugadas apanhava seu violão e tentava descobrir alguma falha que por ventura tivesse cometido naquela exibição.
RENATINHO – Santanense autêntico, não teve tantas origens musicais, como Zé Tanaro, porém desde jovem sentiu-se atraído pela magia da musica, fazendo dela o seu oficio predileto, aprendeu a tocar violão e logo em seguida integrou a Banda Urso Negro, tocando contrabaixo. Com a desagregação dessa, Renatinho começou a idealizar um novo conjunto musical e em companhia dos parceiros Bigode, Bidu e Zé Tanaro, e com muito esforço financeiro, adquiriram em Salvador toda aparelhagem necessária para um conjunto e assim, fundaram o “Grupo Terra ”, que estreou na S.O.S, no ano de 1977 , tornando realidade seu sonho. Além de contra baixista, Renatinho era também o vocalista do conjunto, atividade que dividia com Bigode, interpretando canções como Sampa, Tardes em Itapoan, O bebâbo e o equilibrista e tantas outras composições poéticas da época. Esse conjunto animou muitas festas e bailes, além do carnaval de rua com o trio elétrico, improvisado em um caminhão.
O grande sonho de Renatinho era resgatar o tradicional carnaval de nossa terra, suplantado desde os anos 90, para tanto sempre procurava pessoas que apoiassem essa ideia, para colocá-la em prática.
Ligado aos eventos musicais de nossa terra, preocupava-se com nossa cultura musical e foi assim que idealizou, concretizou e animou o programa de calouros na S.O.S. o qual preenchia as manhãs dos nossos domingos, além de descobrir alguns talentos musicais.
Com o advento de novas modalidades de sons e ritmos musicais o Grupo Terra foi extinto, seus componentes continuaram afeiçoados e falando sempre a mesma linguagem “a música”, e cada um seguiu sua meta. Renatinho, para continuar também na atividade musical, partiu para um novo projeto, montou um serviço de sonorização ambulante, sendo ele o primeiro santanense a empreender essa tarefa. Quem de nós pode esquecer de “A Trombeta !...” passando pelas ruas de nossa Cidade, veiculando anúncios e outras notas de utilidade pública!...
Renatinho partiu prematuramente para a eternidade, levando consigo um sonho que acalentava em seu âmago – “RESGATAR O NOSSO CARNAVAL’.
ZÉ DE PIMBA – Da mesma geração de Zé Tanaro e Renatinho, foi também um dos expoentes da musicalidade santanense, tocou guitarra base nos conjuntos Urso Negro e Santana Som.
Deixamos de tecer mais comentários a respeito desse homenageado, porque as fontes consultadas não disponibilizaram as informações solicitadas.
A TODOS ESSES QUE ALEGRARAM E ANIMARAM AS NOITADAS SANTANENSES, DEDILHANDO SEUS INSTRUMENTOS MUSICAIS, O NOSSO PREITO DE GRATIDÃO, POR TEREM CONTRIBUÍDO PARA UMA SANTANA MELÓDICA E HARMONIOSA..
DESCANSEM EM PAZ.


PARABÉNS MARCO FILHO PELOS SEUS QUATRO ANINHOS

No dia 30/12 uma grande festa aconteceu na residência do Prefeito Marcão Cardoso. Com muita alegria, doces, distribuição de bonés e músicas infantis Marco Aurélio dos Santos Cardoso Filho comemorou o seu 4º Aniversário. Seus amiguinhos divertiram-se muito. Os pais muito felizes receberam os convidados com muito carinho. Parabéns! E muitas felicidades ao aniversariante e ao casal.











ARACAJU E MANGUE SECO - PASSEIO INESQUECÍVEL



Nada pode ser mais relaxante do que um passeio. Na companhia de amigos é muito melhor. Desta vez o nosso grupo, formado por vinte e três casais foi a Aracaju - SE.  Considerada a capital nacional da qualidade de vida. Na saída uma faixa presta homenagem ao nosso inesquecível companheiro Jurandir, funcionário da Coelba, falecido recentemente e que nos acompanhou no nosso último passeio a Porto Seguro – BA.


Difícil esquecer a viagem, o bingo, o clima de amizade, solidariedade e respeito. A chegada ao mercado de artesanato com milhares de opções de compra. A música do conjunto musical do instrumentista Odir Caius com sua flauta doce. A vontade da maioria era comprar tudo e não voltar mais. Enfim, num hotel de ótima qualidade o grupo foi acomodado dando início a uma maratona de atividades que variaram entre praias, passeios, muita cerveja, H²O, Água de coco e muito forró!

A praia de Mangue Seco na Bahia foi um passeio simplesmente maravilhoso. É sem dúvida uma das praias mais lindas do mundo. Os baianos podem se orgulhar disso. Para chegarmos lá foi preciso andar cerca de setenta quilômetros de ônibus e embarcar em um barco conhecido por “Escuna” que nos conduziu por um dos cenários de sonho até chegarmos ao vilarejo de Mangue Seco onde foram gravadas cenas da novela “Tieta” da Rede Globo. Do vilarejo de Mangue Seco até à praia o nosso deslocamento foi em “Bugues”, jipes de fibra de vidro com capacidade para quatro pessoas. Em todo o itinerário até a praia há locais em que os carros param para os turistas tirarem fotografias. Cenários incríveis. Após andar cerca de oito quilômetros chegamos à praia. Ali parece que o tempo parou. Não há construções permanentes, apenas barracos cobertos com palhas de palmeiras para amenizar o efeito do sol. Muito agradável. Na chegada uma surpresa, crianças que residem nas proximidades da praia e que comercializam doces divinos recebem os turistas com uma ladainha em versos muito interessante. Após recitar os versos em uníssono não há como deixar de comprar os seus quitutes.

Mas, como o que é bom dura pouco, voltamos para o hotel. No retorno presenciamos o por do sol mais lindo que já vi. Tudo registrado. Para fechar o nosso passeio fomos ao “Forró do Cariri”. Inigualável, incrível! Recomendo. Aracaju e Mangue Seco, passeio que ninguém deve dispensar. Jamais.



FESTA DE NOSA SENHORA APARECIDA

Tradicional na Rua Sinésio Nicolau Pereira, uma demonstração de louvor e gratidão a Nossa Senhora Aparecida há 32 anos reúne a família de Dona Minervina. Orações, cânticos, fogos de artifício, muitas velas acessas pelos participantes que culmina sempre com uma pequena procissão pelas ruas próximas. A família reunida e seus amigos todos os anos comemoram o dia da Padroeira do Brasil.
CONFRATERNIZAÇÃO DOS PROFESSORES NO BARÃO DO RIO BRANCO

A Direção da Escola Estadual Barão do Rio Branco realizou no dia 14/10 uma confraternização que reuniu todo o quadro de professores e funcionários da escola para homenagear os professores. Um clima de festa, amizade e muita alegria contagiou as pessoas que participaram do evento. Nossos parabéns aos professores.
LUIZ FREDERICO E ELI – PARABÉNS AO JOVEM CASAL


Uniram-se em matrimônio no dia 24 de Setembro o jovem casal Luiz Frederico e Eli Soares. A cerimônia muito emocionante reuniu centenas de parentes e amigos na Capela Nossa Senhora de Fátima. Após a cerimônia religiosa os nubentes receberam seus convidados na localidade rural de Tamboril.
O jornal opinião deseja ao jovem casal muitas felicidades.




(Fotos: Frota-Vídeos)








UMA CONQUISTA - A FELICITADE – O ORGULHO DOS PAIS


Nossos parabéns ao amigo TIAGO PEREIRA DE OLIVEIRA, mais conhecido como “Tiaguinho” filho do Djalma Araújo de Oliveira, funcionário do Bradesco. Ontem participamos de uma festa maravilhosa em sua residência onde ele e seus orgulhosos pais recepcionaram os amigos e colegas de Tiago para comemorar a sua merecida formatura no Curso de Administração da UNOPAR. Dona Dilcinei Pereira Leão estava muito feliz. Parabéns ao formando e aos orgulhosos pais.